Chá da Índia: país que mais consome e melhor produz

Publicado 17/08/2022
Chá da Índia: país que mais consome e melhor produz

A Índia é um país muito conhecido pela alta qualidade dos chás que produz. Um exemplo muito claro desta qualidade é que os chás colhidos em Darjeeling, jardim indiano, recebem o apelido de "champagne dos chás"

 

O motivo para a reconhecida qualidade é justamente as características muito especiais das suas plantações de chá, chamadas de jardins. Com altitude e umidade perfeitamente equilibradas para que a planta cresça saudável, a beleza e dimensão dos jardins chamam a atenção dos turistas e se tornam uma das atrações principais para quem visita o país.


 

Conheça as principais plantações de chá da Índia 

 

A Índia é o segundo país que mais produz chá no mundo, sendo responsável por mais de 1 milhão de toneladas por ano. Claro que para isso, conta com muitos jardins de chá pelos quatro cantos do país, mas dois deles são destaques absolutos. 

 

 

Assam

O nome Assam deriva do sânscrito (língua ancestral da Índia)  “Asom”, que significa “sem igual” ou “sem comparação”, nome dado em homenagem à beleza da zona nordeste da Índia. 

 

A região é responsável pela produção da maior parte dos chás do país, equivalente a pelo menos 50% de toda a produção local. E não é por acaso que os chás pretos mais conhecidos vêm desta região, que é extremamente favorecida pelo clima tropical e períodos de chuva intensa.

 

Mas se engana quem acredita que todos os chás de Assam são parecidos, já que assim como bons vinhos, a colheita ocorre em safras. As safras principais acontecem duas vezes ao ano e apresentam características diferentes. 

 

Na primeira metade do ano, os melhores tea sommeliers identificam que o chá possui aspectos mais delicados, frescos e florais, dando destaque para sua suavidade. Já na segunda colheita, que ocorre a partir de maio, é reconhecida pelos tea sommeliers como uma safra de sabores intensos e um tom mais escuro.

 

Além disso, o chá preto de Assam é o favorito do ocidente e também dos indianos, que utilizam para preparar o Masala Chai: chá indiano feito com diversas especiarias, leite e açúcar.

 

Clique para conhecer um blend de chá de Assam

 

 

Darjeeling

Já sabemos que o chá de Darjeeling é chamado de champagne dos chás, sendo um dos mais caros do mundo. Mas por que isso acontece?

 

A comparação com a bebida francesa acontece tanto por seu sabor delicado e raro, como por sua denominação de origem controlada. Isso significa que só se chama Chá Darjeelling aqueles que realmente foram produzidos na região de mesmo nome. 

 

Assim como os champanhes, que são considerados verdadeiros somente quando tem origem exclusivamente na região de Champagne, situada a 150 quilômetros de Paris.

 

A região de Darjeeling possui plantações com elevadas altitudes, um dos principais critérios para desenvolver o chá com muita qualidade. Localizada aos pés do Himalaia, a região se diferencia das outras plantações por apresentar um clima mais frio e também por seus inúmeros turistas, que podem colher as folhas e fazer caminhadas ecológicas pela região. 

 

Clique para conhecer um blend de chá de Darjeeling

 

 

A cultura do chá pelas ruas da Índia 

Além de ser o segundo país que mais produz, a Índia é o país que mais consome chá no mundo inteiro. A tradição é um dos pilares mais fortes da cultura indiana, espalhada por todo país: bairros nobres, estações de trem e rios sagrados.


 

Nos trens, por exemplo, os gritos de "chai, chai" vindo dos vendedores já é comum, além das lojas de chá que ficam abertas até às 5h da madrugada, para aqueles que precisam de um reforço de teína durante a noite. 

 

O país consome 837 mil toneladas por ano, e por todas ruas se vê os  “wallahs chai”, pessoas que servem a bebida, preparando o chá da maneira tradicional indiana: fervida com especiarias, açúcar e leite. Mas além do aspecto comercial, as vendas costumam ser empreendimentos familiares, que abrangem e conectam muitas gerações através do chá

 

 

Chai: chá tradicional da Índia 

Chai é a palavra indiana para chá, enquanto Masala Chai significa mistura de especiarias ou chá de especiarias. O preparo típico da bebida indiana sempre leva chá preto, leite, especiarias e açúcar. 

 

Mas muito mais do que uma bebida típica, o Masala Chai é símbolo de boas-vindas em todas as casas da Índia, além de representar uma pausa na correria do dia a dia para um momento especial de aconchego. 

 

| Confira a receita tradicional de masala chai 

 

Algumas das especiarias mais utilizadas pelo povo indiano são a noz-moscada, o anis-estrelado, o cravo-da-índia, o gengibre e a cúrcuma. Além de saborosos, os ingredientes são muito conhecidos por fortalecer a imunidade, combater doenças e proporcionar a sensação de conforto.

 

Gostou de viajar com a gente pela cultura do chá pelo mundo?

Inscreva-se na nossa newsletter e acompanhe nossos conteúdos em primeira mão!