Conheça a trajetória de um especialista em Chá

Publicado 11/05/2022
Conheça a trajetória de um especialista em Chá

Raúl Cotes, que faz parte da equipe de Vendas, Produto e Formação da Tea Shop, tem mais de 14 anos de trajetória no mundo dos chás - e milhares de conhecimentos para compartilhar. 

 

E é por essa trajetória extremamente rica, que Raúl se torna o mais novo colunista do blog Tea Shop! Todos os meses, teremos um novo conteúdo com curadoria especializada sobre o apaixonante mundo dos chás

 

Hoje, o especialista conta um pouco sobre sua carreira e como se consagrou como uma autoridade no assunto. Confira: 

 

“Tudo começou em 2007, quando entrei pela primeira vez em uma casa de chá, no bairro gótico de Barcelona, que é muito conhecido por suas ruas medievais. Tive uma ligação, uma conexão imediata quando experimentei a bebida. 

 

Por acaso, nesse dia a casa de chá estava fazendo um workshop sobre chás, ensinando princípios básicos de sua produção, famílias, regiões, entre outras informações. Ao participar, fiquei simplesmente fascinado, e foi aí que tudo começou. 

 

Outro fator que me fez decidir seguir carreira na área de chás e infusões, é ser uma pessoa que adora viajar. Entendo o chá como uma possibilidade de viajar para diferentes partes do mundo. Afinal, a cultura do chá é diferente em cada canto do mundo, e cada xícara de chá transporta você para lugares mágicos, cheios de aromas e sensações.

 

Foi aí, que em 2008, comecei a fazer parte da equipe Tea Shop como vendedor de uma das lojas de Barcelona. Em menos de um ano, me destaquei como gerente da loja e assim fui seguindo minha carreira como especialista em chás, até chegar até aqui. 


E um dos momentos mais marcantes nestes 14 anos de carreira, foi quando visitei pela primeira vez um campo de plantio de chá no Vietnã, e vivi a experiência de fazer todo o processo de produção do Chá Oolong.

 

 

 

E é justamente isso que é tão inspirador para mim em trabalhar com chás: um mundo infinito de sabores, aromas e texturas que você encontra em uma mesma xícara. O chá proporciona tanto espaço para criar e experimentar, que é irresistível não se deixar levar e se apaixonar por este mundo.

 

Ao pensar nessa retrospectiva de carreira, refleti sobre a melhor parte de trabalhar com chás  e qual é a parte mais difícil. A melhor parte, com certeza, é a versatilidade e o poder de criar diferentes tipos de blends com uma pluralidade infinita de ingredientes que podemos usar. Já a parte mais difícil, é bem parecida: não poder provar todos os chás! Quando viajo, a primeira coisa que faço é procurar uma casa de chá.  Eu adoraria levar a loja inteira, mas pelo menos saio com mais de um pacote de chá.”

 

 

Quer saber mais sobre o apaixonante mundo de chás e infusões?

Assine nossa newsletter e receba dicas, novidades e promoções em primeira mão.