Especialista indica a melhor forma de criar um blend de chá em casa

Publicado 06/07/2022
Especialista indica a melhor forma de criar um blend de chá em casa

Raúl Cotes, especialista em chás que faz parte da equipe de Vendas, Produto e Formação da Tea Shop, iniciou sua trajetória profissional há mais de 14 anos. 

 

>>> Saiba mais sobre o Raúl 

 

Ao longo do seu desenvolvimento, aprendeu tudo sobre produção de chás e infusões, mas principalmente, sobre a alquimia quando pensamos em novos blends. 

 

Mas o que são blends?
 

Blends e mesclas são sinônimos para uma técnica que harmoniza diferentes ingredientes em uma mesma infusão. Ou seja, quando o chá não é servido puro, mas combinado com outros elementos. 

 

Essa técnica sempre deve considerar como cada ingrediente vai contribuir no sabor (doce, azedo, salgado, amargo e umami), na funcionalidade (relaxante, estimulante, isotônico) e nos benefícios (digestivo, antioxidante, depurativo), sem anular o papel principal de nenhum elemento. 

 

 

>>> Saiba mais sobre a arte de criar blends profissionais 

 

Para isso, existem os tea masters, que elaboram novas mesclas e lançamentos inovadores todos os anos. Mas para quem quer criar o seu próprio blend, em uma experiência totalmente única e personalizada, o especialista indica a técnica 1+1=3

 

 

Conheça o 1+1=3 

 

Raúl conta que 1+1=3 é a mistura de duas variedades de chá, já desenvolvidos, para criar um terceiro sabor.

 

“A ideia nasceu com a intenção de que as pessoas possam se aventurar, criando e experimentando diferentes sabores e aromas com dois chás diferentes.  Um “match” único feito especialmente por aquela pessoa.” 

 

Utilizando chás premium, que levam ingredientes naturais e frescos produzidos artesanalmente, as notas de sabor ficam mais perceptíveis. Mas para não errar na combinação, o especialista compartilha algumas dicas: 

 

“Minha dica é sempre utilizar pelo menos um chá puro como base. Assim, ampliamos muito a gama de ingredientes que podemos misturar. Ah, e muito importante: respeite sempre o tempo de infusão do chá base.  Por exemplo, se 1+1 for um chá preto e uma infusão de frutas, vou considerar o tempo de infusão do chá preto!”

 

Por se tratar de uma combinação muito particular, criada para agradar o paladar de cada pessoa, não existe certo ou errado ao praticar o 1+1=3. Para Raúl, é interessante sentir os diferentes ingredientes, cuidando para que um não anule o outro.  

 

“Sempre coloco mais do chá base, que equilibra o novo blend.  Se minha mistura for um chá verde com infusão de especiarias, a proporção de chá verde sempre será maior. Por exemplo, para 100g do chá puro, coloco 30g ou 50g de infusão ou chá com especiarias.”

 

Raúl também tranquiliza os Tea Lovers de carteirinha, compartilhando que todas as misturas são fáceis, simples e rápidas de preparar. “É apenas uma questão de se deixar levar pela imaginação e se tornar seu próprio Tea Blender!”

 

 

 

O 1+1=3 favorito de Raúl

Além de poder incluir frutas e flores in natura, Raul conta que a maioria dos blends combinam perfeitamente com leite, tanto gelado quanto quente. 

 

“A minha combinação favorita leva especiarias, com certeza. Por exemplo, um Indian Yogi  (infusão de canela, gengibre, cravo e cardamomo), combinado com um excelente Chá Preto Ceylon e um toque de leite, criando um perfeito chai latte!”

 

 

Receita prática para você experimentar 1+1=3

  • 2g do chá puro de sua preferência 
  • 1g da infusão de sua preferência (ervas, frutas, flores ou especiarias)
  • 600ml de água na temperatura indicada para o chá puro
  • Deixe infusionar pelo tempo indicado para o chá puro 
  • Sirva e aproveite!

 

Agora, é só soltar a criatividade e experimentar os blends que mais combinam com você!

 

 

Quer saber mais sobre o apaixonante mundo de chás e infusões?

Assine nossa newsletter e receba dicas, novidades e promoções em primeira mão.