Carregando...

Bem Vindo a Tea Shop

 

Maior rede de lojas de Chás Gourmet da Espanha e do Brasil, que há 28 anos produz chás de alta qualidade e de forma artesanal.

Meu carrinho
0 itens
R$ 0

Chá: paixão nacional

01 de Setembro de 2017

Chá: paixão nacional

A relação do brasileiro com o chá remonta suas origens indígenas e atravessa gerações, conferindo um momento de conforto, reunião com amigos e bem-estar geral, independente da faixa etária. Segundo a consultoria Euromonitor, especializada em pesquisas de mercado, as vendas de chá no varejo do Brasil ultrapassaram a marca de R$ 1 bilhão em 2013 e, até o ano que vem, a previsão é que essa marca cresça em 50%.

 

"É preciso desmistificar essa ideia de que chá a gente bebe quando está doente ou que é bebida de vovozinha. O que mais vemos nas nossas lojas são jovens interessados no bem-estar que a bebida provoca. Até as crianças e os adolescentes são nossos clientes fiéis", conta Michel Bitencourt, nosso diretor geral da Tea Shop aqui no Brasil.

 

A grande diversidade da flora brasileira é responsável por uma familiaridade do brasileiro com o hábito de infusionar ervas, que remonta ao nosso passado pré-colonial, quando os índios faziam chá para curar enfermidades. Prova disso são prateleiras inteiras com diferentes tipos de chás em sachê expostos nas gôndolas do supermercado.

 

"Consumo existe. É inegável a proximidade do brasileiro com o chá. Nenhum supermercado teria um volume tão grande do produto se não houvesse procura. O que acontece agora, no Brasil, não é mais o consumo pelo consumo em si e sim a busca pela qualidade do produto, abrindo espaço para os chás gourmet, a granel", conta Bitencourt.

 

Outro mito sobre o comportamento de consumo do chá no Brasil se refere a ideia de que brasileiro só toma café, o que não é verdade.

 

- O brasileiro toma muito café porque há muitas lojas que servem café. Mas adora chá. E agora, com o crescimento de locais para se tomar bons chás e viver uma experiência completa de degustação, a tendência é que vejamos esse mito cair por terra de vez - completa o empresário.