Os segredos do Matcha Publicado 02/06/2021
Os segredos do Matcha

 

O Matcha: o chá verde com a maior quantidade de antioxidantes

 

O Matcha é um chá verde com uma característica muito diferente dos demais chás em folhas: trata-se de um chá verde moído, que se converte em um pó muito fino, mais fino do que o talco.

 

Para consumir o chá neste formato temos de misturá-lo à agua e então bater esse pó até que ele seja totalmente dissolvido.

 

Dessa forma, ao bebê-lo, ingerimos uma quantidade muito superior de compostos, quando comparamos à infusão que realizamos com os demais chás tradicionais em folhas.

 

Isso explica um dos principais motivos pelos quais o Matcha apresenta uma grande concentração das diversas substâncias presentes nos chás, como por exemplo, uma grande concentração de antioxidantes.

 

Comparado a outros alimentos muito conhecidos por serem ricos nessa substância, como por exemplo, brócolis, nozes, vinho tinto, o açaí, o Matcha apresenta a maior concentração de antioxidantes, e estes compostos nos trazem muitos benefícios para a saúde, como veremos a seguir.

 

Benefícios do Matcha

 

O Matcha é um chá delicioso e muito versátil, sendo atualmente muito conhecido como ingrediente na gastronomia e na coquetelaria.

 

Mas você sabia que, além disso, consumir regularmente este chá pode ser um grande aliado para nossa saúde?

 

Desde muito tempo os chás vêm sendo cultuados, entre outras coisas, pelos inúmeros benefícios para nossa saúde física e mental.     

 

Os estudos comprovam que o consumo regular de todos os tipos de chás pode nos trazer grandes benefícios para nossa saúde, seja física ou mental, mas nesse quesito, o Matcha possui uma clara vantagem.

 

Como comentamos anteriormente, ele é composto de um pó muito fino, resultado da moagem das folhas do chá verde, que, portanto, necessita ser dissolvido em água para poder ser apreciado.

 

Por isso mesmo, ao contrário dos demais chás, ao consumir o Matcha estamos ingerindo a totalidade dos componentes ali presentes, ou seja, todos os componentes das folhas, e não somente os compostos solúveis que passam à xicara quando preparamos a infusão de um chá em ervas.

 

Assim, consumir regularmente este chá pode nos trazer inúmeros benefícios para nossa saúde, veja aqui os principais:

 

  • Prevenção para acidentes cardiovasculares, uma vez que ajuda na manutenção da saúde das artérias;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Prevenção ao câncer;
  • Controle da diabetes;
  • Combate aos radicais livres, que são as substâncias que promovem o envelhecimento e a degradação das células;
  • Redução do stress estimulando a mente e relaxando o corpo;
  • Benefícios estéticos: ajuda a melhorar as unhas e o aspecto da pele;
  • Ajuda a emagrecer de forma totalmente natural, pois é um ótimo auxiliar para queima de gorduras e para regular o mecanismo de saciedade.

 

Como preparar o Matcha

 

Tão importante quanto conhecer este chá, suas inúmeras propriedades e benefícios para a saúde é saber como prepará-lo! Se animam a isso?

 

Em sua forma tradicional o preparo deste chá em pó requer o uso dos utensílios que são usados durante a cerimônia japonesa do chá.

 

Neste ritual o Matcha é colocado dentro de um bowl relativamente grande, chamado chawan e é dissolvido completamente na água com o auxílio de um batedor denominado chasen.

 

Com a ajuda desses utensílios específicos, garantimos uma bebida bem homogênea com uma espessa camada de espuma na superfície.

 

Mas se você ainda não possui esses utensílios, não tem problema, você poderá preparar seu Matcha no estilo moderno.

 

Para isso basta misturá-lo na água em qualquer recipiente, de forma bem enérgica, utilizando para isso algum utensílio de nossa cozinha como um garfo, as pás da batedeira, ou até um liquidificador, e pronto!

 

Receita: Matcha batido com suco de tangerina

Para ver como é fácil incorporar o Matcha ao seu cotidiano veja o vídeo em que eu mostro uma sugestão de receita deliciosa e super simples!

Clique aqui para conferir: https://www.youtube.com/watch?v=sZ0HGEzHuHk

 

Receita: Matcha Latte

Ingredientes:

  • ½ colher de chá de matcha em pó
  • 1 xícara de leite
  • 2 colheres de sopa de água quente
  • Opcional: mel ou estévia para adoçar

Preparação:

Coloque o matcha na xícara ou no bowl em que irá servir o chá.

Quando a água estiver quente (até 80°C), adicione-a pouco a pouco na xícara e misture até que o chá se dissolva e você consiga espuma. Depois esquente o leite e adicione lentamente ao matcha. Se quiser, pode adoçar.

 

  

 

O Matcha tem cafeína?

 

Uma das perguntas que sempre escuto nos cursos em relação ao Matcha é se ele contém ou não cafeína, ou ainda, se possui ou não teína.

 

Respondendo à essa pergunta, em primeiro lugar é bom esclarecer que teína e cafeína são a mesma substância, ou seja, são simplesmente nomes diferentes para a mesma coisa.

 

Ambos os compostos são alcaloides, cujo efeito mais importante é deixar nosso cérebro em alerta, além também de possuir propriedades termogênicas que ajudam a queimar gorduras em nosso corpo.

 

E sobre a cafeína tenho que contar a você este segredo: todos os tipos e variedades de chás contêm cafeína, não somente o Matcha!

 

O que ocorre é que esse chá, devido ao seu método especial de cultivo, possui uma quantidade superior, comparado aos demais.

 

Porém, para compensar essa característica, este chá também possui uma grande quantidade de catequinas, um tipo de polifenol com alto poder antioxidante, que além de inúmeros benefícios, também interfere na forma como nosso corpo absorve a cafeína.

 

A grande quantidade de catequinas presentes no Matcha dificulta a absorção da cafeína, e assim, quando o bebemos sentimos os efeitos dessa substância de forma mais suave, lenta e duradoura, quando comparado a quando bebemos café.

 

São tantas as características únicas e especiais deste chá que eu poderia passar horas só falando sobre ele!!! Se você se anima com essa ideia, saiba que temos um Curso de Matcha onde você aprenderá tudo o que você deseja conhecer a respeito dessa bebida!

 

O Matcha na cerimônia japonesa do chá

 

O Matcha é um chá verde muito importante na cultura japonesa.

 

Os japoneses tiveram o primeiro contato com este chá quando muitos deles migraram para a China para aprender sobre um estilo de budismo chinês chamado de budismo Chan, que por sua vez, deu origem ao chamado Zen Budismo japonês.

 

Trata-se de uma bebida com forte ligação com essa prática religiosa, pois foram justamente os precursores do Zen Budismo no Japão os responsáveis por tornar o Matcha conhecido e apreciado pelos japoneses.

 

De forma simplificada, o Chanoyu é um ritual extremamente protocolar, imbuído de preceitos filosóficos do Zen-Budismo, no qual se prepara e serve exclusivamente este tipo de chá.

 

Por isso, no Chanoyu são usados os utensílios para o preparo deste chá ao estilo tradicional, a saber:

 

  • Chawan: tigela (bowl) onde se prepara o chá;
  • Chasen: batedor de bambu;
  • Chashaku: colher de bambu;
  • Hishaku: concha de bambu grande para retirar a água;
  • Chaire o Natsumé: recipiente onde se armazena o chá;
  • Chakin: pequeno pano branco;
  • Fukusa: pano de seda que se usa para limpar o chashaku e o natsume durante a cerimônia.

 

Esses utensílios, muitas vezes produzidos artesanalmente, são considerados verdadeiras obras de arte, fazendo deste ritual uma experiência sensorial, filosófica e também artística.

 

A cerimônia japonesa do chá quando realizada de forma completa, pode durar várias horas e é dividida em 4 etapas, chamadas Kaiseki, Naka-dachi Goza-iri e Usucha.

 

  

 

Dessas etapas, somente em duas delas efetivamente se bebe o Matcha e, nas apresentações para o público, geralmente realiza-se somente a última, chamada Usucha.

 

Na chamada fase Goza-iri, a fase principal da cerimônia, bebe-se o Matcha espesso, o qual é servido em uma única tigela compartilhada entre todos os participantes.

 

Já na etapa Usucha, serve-se uma tigela (chawan) individual preparada com duas colheres para cada convidado, por isso é chamado de Matcha fino.

 

Como vocês podem ver, este é um chá excepcional em todos os sentidos porque também através dele podemos imergir em um mundo de sabedoria e riqueza culturais.

 

Agora que você conheceu os principais segredos do Matcha espero que se anime a incorporar esse chá incrível em seu cotidiano e aproveitar todos os benefícios que ele nos traz, do corpo ao espirito!

  

Sobre Victoria Bisogno

 

Victoria Bisogno é uma das grandes referências no mundo do chá, formadora de inúmeros Sommeliers de Chá, Analistas Sensoriais de Chá, Tea Blender e Tea Masters ao redor do mundo. Foi nomeada como “Best Tea Educator” (melhor professora de chá) nos World Tea Awards em 2015 e 2016. Engenheira formada pela Universidade de Buenos Aires, consultora, tea blender e escritora especializada em chá. É presidente e fundadora do El Club del Té, e se dedica à promoção da cultura do chá através dessa organização. Victoria é criadora da Técnica de Cata do Chá, a primeira metodologia com fundamento científico focada na análise sensorial do chá.

 

Tem sido pioneira no ensino da carreira de Sommelier de Chá em língua espanhola, e no desenvolvimento das técnicas de Tea Blending, transformando-se na primeira pessoa no mundo a oferecer sua experiência e conhecimento sobre o Tea Blending em seu livro “A Alquimia do Chá”, base do curso de Tea blender que é oferecido pelo El Club del Té.

 

Seus mais de 12 anos de experiência formando especialistas no chá a levaram a desenvolver novos cursos técnicos para capacitar Analistas Sensoriais de Chá e Tea Master profissionais.

 

Todos os cursos que são oferecidos na Academia do El Club del Té foram elaborados por Victoria e os materiais de estudo também desenvolvidos por ela como resultado de sua constante investigação, das viagens para a China, Índia, Japão, Taiwan e outros países produtores e distribuidores de chá (como a Alemanha, Inglaterra ou  Estados Unidos) e também a partir das experiências transmitidas por seus mestres e mestras.

 

É autora dos livros “Manual do Sommelier de Chá”, “A Alquimia do Chá”, “Análise Sensorial do Chá”, "Vitamina Chá" e co-autora do “Dicionário de Gastronomia", no qual colaborou escrevendo os termos referentes ao chá, bem como escreve para numerosas publicações em diários e revistas. Também colabora com revistas gourmet como especialista em chá.

 

A Academia Iberoamericana de Gastronomia nomeou Victoria Bisogno “embaixadora” da obra na língua espanhola no que se refere ao chá, um reconhecimento como expert dessa matéria em nível internacional.

 

Ministra cursos de formação para empresas, profissionais, empreendedores e amantes do chá em espanhol, inglês, português e italiano, em diferentes cidades do mundo, especialmente na Europa, América Latina e Online. Também dá conferências em numerosas feiras internacionais e na World Tea Expo (Exposição Mundial do Chá) que se realiza anualmente nos USA, além de participar em eventos e conferências para marcas internacionais.

Além disso, Victoria se dedica ao tea blending e colabora com diversas organizações não governamentais em apoio ao cuidado com o meio ambiente.